Quatro formas de ganhar dinheiro com o TikTok

O TikTok é a plataforma de mídia social que mais cresce atualmente. Somente em 2018, ele foi mais baixado que o Instagram, o Snapchat e o YouTube. Se você ainda não sabe o que é, está na hora de dar uma olhada.


O app combina a comédia do Vine (rede social de vídeos de seis segundos que encerrou suas atividades em 2017) e o musical.ly, outro aplicativo de lip sync, comprado pela ByteDance há dois anos e que, em 2018, passou a ser propriedade do TikTok.


Com mais de 1 bilhão de downloads na App Store e no Google Play, o TikTok é uma ótima oportunidade para os influenciadores interagirem com mais de 500 milhões de usuários e também aproveitarem seu engajamento para lucrar com a plataforma.

Veja, a seguir, 4 dicas de como os influenciadores podem tirar melhor proveito do aplicativo:


1. Presentear

Usuários do TikTok podem interagir diretamente comentando e conversando com milhares de outras pessoas no app. Os espectadores têm a capacidade de doar moedas virtuais que todos dentro do aplicativo podem comprar com identificação por impressão digital ou reconhecimento facial.


Embora o TikTok não compartilhe online o preço oficial das moedas de cada país, é possível conferir o preço no aplicativo, indo em “privacidade e configurações”, clicando em “carteira” e depois em “recarregar”.


Nos Estados Unidos, a opção mais barata é de US$ 0,99 por 100 moedas. Uma vez que o feed ao vivo chega ao fim, o influenciador pode coletar 50% das moedas, transformá-las em Diamantes e, em seguida, retirar a quantia correspondente em dólar. Os 50% restantes são divididos entre o TikTok e a App Store ou o Google Play.


2. Marketing de influenciadores

Ao longo dos anos, temos visto a crescente popularidade do marketing de mídia social por meio de plataformas como Instagram e YouTube. Influenciadores podem promover produtos ou serviços para seus seguidores e serem recompensados pelas empresas. Os usuários do Tik Tok podem criar um ou vários clipes curtos, do seu próprio estilo, para a promoção desses produtos. Eles podem ser divertidos ou informativos com base no público e nas escolhas do influenciador.


A remuneração varia de acordo com fatores como o número de seguidores, taxa de engajamento, tipos de produtos ou serviços promovidos, número de vídeos produzidos, indústria e geolocalização.


Vale reforçar que o vídeo precisa ser nativo e parecer natural, sem nenhuma técnica de venda forçada. Os usuários, especialmente no TikTok, preferem vídeos engraçados e divertidos em vez de um anúncio encenado. Outro ponto de atenção é ter certeza de que a ativação pode se tornar viral, aparecer na página “Para você” e ganhar ainda mais exposição orgânica.


3. Promoção do produtos próprios

Outra forma pela qual os criadores de conteúdo e influenciadores podem obter lucro adicional no TikTok é projetar e vender sua própria mercadoria (as linhas de roupas ainda são consideradas as mais lucrativas). Para obter o máximo de lucro, é necessário que um influenciador tenha um grande número de seguidores e senso de comunidade.

Com base na minha experiência pessoal em diferentes mídias sociais – especialmente no YouTube, Instagram e Twitch -, a maioria dos seguidores não está engajada na compra de mercadorias promovidas com base apenas no valor do produto (qualidade do material, por exemplo), mas sim em apoiar o influenciador ou entrar na tendência.